Brasileiro que fugiu da prisão nos EUA é capturado após dias foragido

O brasileiro Danilo Cavalcante, que fugiu de um presídio na Pensilvânia, nos Estados Unidos, foi capturado, na manhã desta quarta-feira (13/09/2023), pela polícia do estado. Ele, que foi condenado à prisão perpétua por matar a ex-namorada, estava foragido desde o dia 31 de agosto e era considerado pelas autoridades como “extremamente perigoso”.

A captura de Cavalcante aconteceu após 13 dias de buscas. Ao todo, 500 agentes locais, estaduais e federais foram mobilizados para as operações, que também contaram com recursos adicionais e recompensa de US$ 25 mil – R$ 123 mil – por informações sobre o paradeiro do brasileiro. A prisão foi realizada em área de mata perto da Filadélfia.

Cavalcante foi condenado à prisão perpétua nos Estados Unidos, em 16 de agosto, por matar com 38 facadas a ex-namorada, Débora Evangelista Brandão, na frente dos filhos, em abril de 2021. Ele deveria ser transferido para uma penitenciária estadual nas próximas semanas, mas acabou escapando após escalar as paredes do presídio.

Na segunda-feira (11/09), Cavalcante foi incluído na lista vermelha da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol). No dia seguinte, a polícia da Pensilvânia encontrou pertences do brasileiro perto de uma floresta no sul da Fairview Road. Momentos depois, Cavalcante foi visto trocando tiros com um morador para roubar um rifle calibre 22.

Armado, Cavalcante passou mais um dia sendo caçado pelos policiais, sendo classificado como “extremamente perigoso”. As autoridades pediram que todos as pessoas que moravam na área próxima ao presídio permanecessem vigilantes e com as portas trancadas. Escolas e comércios também precisaram ser fechados temporariamente.

 

Crime no Brasil

Além de condenado nos Estados Unidos, Cavalcante é acusado no Brasil de “homicídio duplamente qualificado” no assassinato de Válter Júnior Moreira dos Reis, em 2017, no município de Figueirópolis, em Tocantins. O crime teria acontecido devido a uma dívida que Valter Júnior teria com Cavalvante, por conta do conserto de um carro.

O inquérito sobre o caso foi concluído rapidamente pela Polícia Civil, que apontou Cavalcante como autor do crime. Uma semana depois, no entanto, o brasileiro fugiu para os Estados Unidos. Ele conseguiu embarcar pelo aeroporto de Brasília (DF), uma vez que o mandado de prisão do processo ainda não havia sido registrado nacionalmente.

Confiram o vídeo do momento da captura:

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaodnoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts