Brasileiro é o primeiro infectado na Alemanha pela varíola dos macacos

A Alemanha registrou, na última quinta-feira (19/05/2022), o primeiro caso de varíola dos macacos no país. O infectado é um brasileiro de 26 anos, de acordo com informações do Instituto de Microbiologia da Bundeswehr, as Forças Armadas alemãs.

Segundo a Deutsche Welle, o paciente apresentou erupções cutâneas, sintoma caraterístico da doença. Antes de chegar na Alemanha, o brasileiro passou por Portugal e Espanha. Ele está em isolamento em uma clínica localizada em Munique.

Autoridades sanitárias da América do Norte e da Europa informaram dezenas de casos suspeitos ou confirmados de varíola do macaco oram detectados desde o início de maio. O temor da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de que a doença, endêmica em partes da África, esteja se espalhando.

A varíola dos macacos é uma doença silvestre com infecções humanas acidentais. O vírus pertence à família do orthopoxvirus e pode ser transmitido pelo contato com as fezes do animal. O período de incubação é de seis a 13 dias, mas pode ser alterado para cinco a 21 dias.

Os sintomas incluem febre, dor de cabeça, calafrios, cansaço e erupções cutâneas. Apesar de a varíola dos macacos ser muito mais branda que a varíola em humanos, com a maioria dos infectados se recuperando em poucas semanas, ela pode ser fatal em poucos casos.

Aqui no Brasil, o Ministério da Saúde informou que não recebeu nenhuma notificação sobre casos de varíola de macaco no país e lembrou que o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde continua atuando na vigilância de rumores e eventos de potenciais ameaças à saúde.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts