Bolsonaro nega ter ‘tomado partido’ a favor da Rússia

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (18) que não tomou partido “de ninguém” ao ter prestado solidariedade com a Rússia durante viagem que fez a Moscou nesta semana.

“Estou muito feliz, grato ao presidente russo. A gente pede a Deus que tenhamos paz na região. Até falei lá que o mundo é a nossa casa e que Deus está acima de todos. Falei a mensagem de paz. A nossa missão tinha um objetivo específico. Alguns levaram para um lado que estou apoiando A, B ou C, ‘não devia fazer isso, devia fazer aquilo’. Teve crítica, bastante. Viemos para cá, ficaram, realmente, boas impressões e bons negócios. Não fomos para tomar partido de ninguém”, declarou Bolsonaro nesta durante transmissão ao vivo em rede social.

Durante a viagem a Moscou, Bolsonaro disse ao lado de Putin, no Kremlim, que se solidarizava com a Rússia. Integrantes do governo dos Estados Unidos, no entanto, disseram que a viagem não poderia ter acontecido em momento “pior” e que o Brasil “parece estar do outro lado”.

Militares russos estão na região da fronteira com a Ucrânia, e os Estados Unidos acusam o país governado por Vladimir Putin de querer invadir o território ucraniano. A Rússia, por sua vez, nega ter a intenção de invadir a região.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts