Bolsonaro aciona PGR pedindo abertura de investigação contra Alexandre de Moraes por abuso de autoridade

O presidente Jair Bolsonaro acionou, nesta quarta-feira (18/05/2022), a Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes seja investigado por abuso de autoridade.

De acordo com a assessoria de imprensa da PGR, a representação chegou à Procuradoria, mas ainda está em processo de autuação, por isso, ainda não está no gabinete de Augusto Aras.

Bolsonaro recorreu à PGR depois que o ministro Dias Toffoli, do STF, decidiu arquivar a ação que o presidente havia protocolado na Corte contra Moraes. Para Toffoli, “não há crime de abuso de autoridade se o agente público não atua com a finalidade específica de prejudicar outrem ou de beneficiar a si mesmo ou a terceiro, ou, ainda, por mero capricho ou satisfação pessoal”.

Bolsonaro entrou com a ação contra Moraes na noite de terça-feira (18/05/2022). De acordo com o presidente, os motivos seriam os “sucessivos ataques à democracia, desrespeito à Constituição e desprezo aos direitos e garantias fundamentais”.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts