Siga nossas redes

Bahia

ACM Neto lança pré-candidatura ao governo da Bahia

Published

on

Com participação de deputados estaduais, federais, prefeitos secretários e lideranças municipais, ACM Neto lançou nesta quinta-feira (3) a sua pré-candidatura ao governo do estado para 2022.

“Se tem alguém na Bahia que sabe enfrentar a máquina sou eu, porque vou completar 16 anos na oposição, nunca cogitei mudar de lado. Segundo, em 2012 venci uma eleição para prefeito de Salvador e naquela oportunidade eu tive que enfrentar o governo do estado, o governo federal. Vocês sabem como foi a história daquela eleição. A minha preocupação tem que ser em estar conectado com as pessoas. E eu acredito que um estado como a Bahia, não tem máquina que compre a eleição, não com o tamanho do eleitorado que a gente tem”, respondeu o pré-candidato ACM Neto (DEM).

O ex-ministro da saúde, Henrique Mandetta marcou presença no evento realizado no Centro de Convenções e falou da candidatura de ACM Neto.

“Eu sou uma pessoa ligada a partido. Venho do Democratas, meu único partido. O que fizemos esse ano foi ampliar bastante a discussão, fazendo projetos de governo e ficar à disposição do partido. O momento agora é de união, da gente ajudar o Brasil a sair dessa situação política crítica que ele se meteu”, disse o ex-ministro.

Quem também defende a candidatura de Neto foi o seu sucessor na prefeitura de Salvador, Bruno Reis.

“Com toda a experiência que adquiriu, ACM Neto está pronto. Não há quadro público tão qualificado que reúna experiência administrativa e capacidade política, mostrada na atuação como presidente nacional do Democratas e como um dos idealizadores do União Brasil”. Bruno Reis.

A vice-prefeita, Ana Paula Matos (PDT) também falou da candidatura de ACM Neto ao Governo do Estado. “O trabalho de Neto em Salvador foi revolucionário, devolveu a cidade aos cidadãos, escutou as pessoas, revelou quadros, trabalhou as políticas públcias de modo mais efetivo, principalmente as sociais”.

As eleições de 2022 estão programadas para acontecer em outubro. Na Bahia, a briga pelo Palácio de Ondina deve ficar concentrada na disputa envolvendo ACM Neto (DEM), Jaques Wagner (PT) e João Roma (Republicanos).

Vejas as fotos:

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas