Siga nossas redes

Famosos

Laudo prévio do IML mostra que Marília Mendonça morreu de politraumatismo craniano

Published

on

O médico legista Pedro Coelho adiantou um laudo prévio do Instituto Médico Legal (IML) no último sábado (13/11/2021) sobre a morte de Marília Mendonça (1995-2021). Trata-se de politraumatismo craniano, quando existe múltiplas lesões em órgãos vitais.

De acordo com o profissional numa entrevista concedida ao jornal Extra, as múltiplas lesões em órgãos vitais causaram a morte praticamente instantâneo da cantora. Ele solicitou análises cardíacas e neurológicas, ainda, de Geraldo Medeiros e Tarciso Pessoa Viana, respectivamente piloto e copiloto da aeronave que caiu em Caratinga, Minas Gerais.

“É preciso descartar ou confirmar, por exemplo, se o piloto ou o copiloto passaram mal durante o voo, se tiveram ou não um mal súbito. Todo tipo de detalhe precisa ser analisado”, apontou ele.

Segundo ele, ainda, não indício de descarga elétrica, uma das hipóteses indicadas pela polícia para justificar a queda. No local, ainda um cabo de uma torre da empresa de energia, a Cemig. “Normalmente em casos de choque há queimaduras e não havia esse tipo de lesão”, acrescentou.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas