Brasil já registrou em 2021 mais de 100 acidentes com aeronaves de pequeno porte

O Brasil já registrou 111 acidentes com aeronaves de pequeno porte no decorrer de 2021, segundo dados da Aviation Safety Network, da organização internacional Flight Safety Foundation. As ocorrências envolveram 240 vítimas, das quais 59 não sobreviveram.

Entre os acidentes pesquisados está o que matou a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas na última sexta-feira (05/11/2021). O modelo da aeronave era um Beechcraft C90A King Air, hoje pertencente ao conglomerado Textron Aviation. Outros acidentes envolvem a fabricante norte-americana Beech Aircraft, como o que deixou sete mortos, incluindo o sócio da Raízen, Celso Silveira Mello Filho, em setembro, e o que matou quatro jogadores e o presidente do Palmas Futebol Clube, em janeiro.

Segundo dados do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), ocorreram 121 acidentes aéreos no Brasil por ano, mas a maior parte deles sem grandes consequências. Entre eles, 46% acontecem com aviões do segmento particular, enquanto 20% envolvem aeronaves agrícolas e 14,72%, de instrução. A aviação regular, que tem aeronaves de grande porte, geralmente é responsável por 1% dos acidentes.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *