Dia do professor: 7 a cada 10 professores não se sentem valorizados no Brasil

Nesta sexta-feira, dia 15 de outubro, cerca de sete em cada dez professores acreditam que não são valorizados pela sociedade, mas ainda sentem orgulho da profissão. É o que aponta a pesquisa Valorização da carreira docente: um olhar dos professores, realizada pelo Instituto Península entre os dias 17 de setembro e 5 de outubro, com mais 1,1 mil educadores de todo o país.

Segundo o levantamento, quase todos os profissionais entrevistados (97%) reconhecem que exercem um papel importante para a transformação social do país e na vida dos alunos, enquanto nove em cada dez afirmam que sentem orgulho em falar que são professores. Além disso, a maioria se sente motivada (68%), realizada profissionalmente (69%) e respeitada pelos colegas de profissão (80%).

Ainda que se sintam incentivados e orgulhosos de seu ofício, 77% dos professores acreditam que sua profissão não é valorizada no Brasil e 74% afirmam que não são respeitados pela sociedade em geral. O estudo aponta ainda que apenas 18% dos entrevistados acreditam que a remuneração recebida é compatível com o nível de complexidade da atuação profissional.

Contudo, apesar dos fatores negativos, a maioria não se arrepende de ter escolhido a profissão docente (66%) e a recomenda como carreira para seus alunos. Destes, 59% são docentes em escolas públicas estaduais, 69% trabalham em colégios públicos municipais e 67% estão empregados em instituições de ensino privadas. Na visão dos professores, para se sentirem mais valorizados, é necessário a melhoria da carreira (99%) e das condições de trabalho (99%).

Com base nas respostas recebidas, o Instituto Península concluiu que pouco menos da metade (47%) dos professores estão satisfeitos com a profissão. Quando dividido os respondentes por níveis de ensino, as melhores notas de satisfação foram apontadas por professores da Educação Infantil (6,5), seguidos dos anos iniciais do Ensino Fundamental (6,0), anos finais do Ensino Fundamental (5,8) e, por fim, Ensino Médio (5,7).

De uma forma geral, a média de satisfação com a profissão docente é de 5,9, atingindo um Net Promoter Score (NPS) de 29,5, o que significa um índice abaixo dos parâmetros satisfatórios da profissão.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *