Connect with us

Política

Pedido para investigação de Augusto Aras é arquivado pelo ministro Alexandre de Morais

Published

on

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu arquivar nesta segunda-feira (23/08/2021) o pedido de investigação contra o procurador-geral da República, Augusto Aras.

O tema chegou ao STF por ação dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania) e Fabiano Contarato (Rede), e apontava suposta omissão de Aras sobre atos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo o site SBT News, os senadores apresentaram uma notícia-crime que questionava falta de ação de Aras sobre ataques ao sistema eleitoral brasileiro, recusas de atuar para defesa do regime democrático brasileiro e de fiscalização no enfrentamento à pandemia de covid-19.

Na decisão de Moraes, o ministro diz que o pedido dos senadores não configura crime de prevaricação, por não ter ficado claro intenção de apoio por parte do PGR: “Pois não apresentados indícios suficientes para a demonstração concreta do interesse ou sentimento pessoal que teria movido o agente público, no caso Procurador Geral da República”.
O ministro também citou que a petição não trouxe indícios da ocorrência do crime, ou qualquer indicação dos meios que teriam sido empregados: “o lugar onde a praticou (ubi), o tempo (quando) ou qualquer outra informação relevante que justifique a instauração específica dessa investigação pelo delito de prevaricação”.

Sigam as redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As mais lidas