Siga nossas redes

Mundo

Zelensky diz não temer o Putin, e pede reunião com o líder russo para “pôr fim à guerra”

Published

on

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, voltou a pedir uma reunião com Vladimir Putin para “pôr fim à guerra”. O líder ucraniano afirmou, neste sábado (23/04/2022), que não teme o encontro com o presidente russo.

A declaração foi dada em entrevista coletiva a jornalistas, em uma estação de metrô no centro da cidade de Kiev. “Não é que eu queira encontrá-lo, e sim que devo encontrá-lo para resolver esse conflito pela via diplomática”, disse Zelensky. “Acredito que quem começou a guerra poderá pôr fim nela”, reiterou.

No entanto, apesar do pedido de encontro, Zelensky ressaltou que, caso soldados ucranianos sejam mortos em Mariupol, o país encerrará todas as negociações de paz. “Se nossos homens forem assassinados em Mariupol e se forem organizados supostos referendos na região de Kherson, a Ucrânia vai se retirar de todo processo de negociação”, disse.

Mais cedo, o ultimo ponto de resistência em Mariupol, a siderúrgica Azovstal, passou a ser alvo de ataques das forças russas, afirmou o conselheiro presidencial ucraninano, Oleksiy Arestovich. Segundo ele, as forças russas retomaram os ataques aéreos e estariam tentando invadir a fábrica. De acordo com o Ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, toda Mariupol foi “libertada” pelos russos, menos Azovstal, por um pedido de Putin, que teria ordenado que tropas não fossem enviadas ao local, mas que somente bloqueassem a instalação.

Autoridades ucranianas estimaram que cerca de 2.000 de seus soldados estão dentro da fábrica junto com os civis abrigados nos túneis subterrâneos do local.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas