Siga nossas redes

Mundo

Regime de Azov relata que a Rússia pode ter feito uso de armas químicas em Mariupol, na Ucrânia

Published

on

Segundo informações divulgadas no final da tarde desta segunda-feira (11/04/2022), horário de Brasília, pelo repórter de defesa do site The Kyiv Independent, o regimento de Azov em Mariupol relata o que poderia se caracterizar como uso de armas químicas pela Rússia contra a guarnição ucraniana entrincheirada na cidade. Um agente não identificado foi entregue com um UAV. Os efeitos revelados incluem falhas respiratórias e vestibulares.

O uso de armas químicas na Ucrânia é algo ainda não visto comprovadamente desde o início da guerra no dia 25 de fevereiro, após a invasão russa-ucraniana, mas caso os relatos sejam confirmados, será considerado o primeiro uso por parte de Moscou contra o território ucraniano, porém não seria a primeira vez que Putin usa suas tropas especializadas em armas químicas. No caso mais recente, em 2013 esse uso foi feito em ajuda ao regime ditatorial Sírio de Bashar Al Assad contra a população civil, numa forma de tentar salvar o regime de Assad diante de vários protestos, ato na época condenado pela Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq).

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas