Siga nossas redes

Esportes

Por conta de protestos, Ministro da Defesa do Peru diz que jogo do Flamengo terá que ser adiado

Published

on

A cidade de Lima, no Peru, por decisão do presidente Pedro Castillo, entrou em toque de recolher nesta terça-feira (05/04/2022), dia que estava programada a estreia do Flamengo na Copa Libertadores, contra o Sporting Cristal. Por conta disto, o jogo precisará ser adiado. A declaração foi dada na madrugada desta terça pelo Ministro da Justiça do Peru, Félix Chero, em entrevista à Rádio Exitosa Notícias.

“Vai ter que ser remarcado. Não esquecemos que em medidas excepcionais há ações extraordinárias que devem ser adotadas. Um jogo de futebol não pode ter precedência sobre a tranquilidade no país”, confirmou o Ministro, apesar da Conmebol ainda não ter se manifestado oficialmente sobre o destino da partida de estreia do Rubro-Negro nesta terça em solo peruano.

O toque de recolher pode ser prorrogado e estendido para outras cidades do Peru, ainda segundo o ministro em declaração à Rádio, devido às expectativas de grandes protestos da população. Ele defendeu que a medida é constitucional e ressaltou acreditar que o Congresso peruano não esteja pensando em derrubar o decreto.

“As pessoas não serão detidas, qualquer cidadão que transite pacificamente será orientado pelas Forças Armadas. A Constituição nos dá o quadro de atuação. A medida que foi adotada é constitucional. Não acho que o Congresso esteja pensando em reverter a medida. Estamos avaliando e não descartando prorrogar e estender esta medida para outras localidades”, concluiu.

O Flamengo, já no Peru, chegou a treinar no centro de treinamento da Federação Peruana nesta segunda-feira. Não há informações sobre a situação dos jogadores brasileiros na cidade, se terão permissão de retornar ao Brasil dentro do toque de recolher caso a decisão de remarcar o jogo pelo Governo do Peru não seja revista, ou se será necessário que esperem no hotel.

*Informações do Portal UOL Esporte

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas