Siga nossas redes

Mundo

Guerra na Ucrânia: Após Biden visitar a Europa, Rússia anuncia que Ministro das Relações Exteriores, Serguei Lavrov irá à China

Published

on

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, terá uma viagem à China na próxima quinta-feira (31/03/2022) em meio à guerra russa contra a Ucrânia. Os chineses são aliados da Rússia e não condenaram a invasão, que chegou hoje a seu 30º dia.

A viagem do chanceler russo foi anunciada em meio a uma série de encontros na Europa entre líderes de países que apoiam a Ucrânia. Hoje, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, visita a Polônia, país que faz fronteira com o território ucraniano. Nesta sexta (25/03), Biden fechou um pacto com a Europa para substituir o gás russo.

Em documento divulgado hoje, após as reuniões de ontem, o Conselho Europeu exigiu que a Rússia “cesse imediatamente a sua agressão militar” no território ucraniano e que “respeite plenamente a integridade territorial, a soberania e a independência da Ucrânia”. A ONU (Organização das Nações Unidas) também alertou alerta para atos que poderiam constituir crimes de guerra. O governo russo nega ter violado “qualquer convenção internacional” na invasão e minimizou a proposta americana de retirar a Rússia do G20.

Relatório da inteligência do Ministério da Defesa do Reino Unido indicou hoje que “os contra-ataques ucranianos e as forças russas recuando nas linhas de abastecimento sobrecarregadas permitiram à Ucrânia reocupar cidades e posições defensivas até 35 quilômetros a leste de Kiev”. O Ministério da Defesa da Ucrânia também disse que a atuação de suas forças em Chernihiv, no norte do país, “impede o avanço do inimigo na direção de Kiev”.

Nesta sexta (25/03), o governo ucraniano anunciou corredores humanitários que farão a evacuação de sua população. Alguns deles atenderão moradores de Mariupol, cidade portuária que está sitiada —hoje, autoridades do município estimaram em 300 o número de mortos no ataque a um teatro na semana passada. Em Kharkiv, segunda maior cidade do país, há relato de um ataque com ao menos quatro mortes em um centro de ajuda humanitária.

*Informações do site UOL Notícias

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas