Siga nossas redes

Mundo

Grupo paramilitar russo ataca equipe de reportagem da rede de televisão britânica em Kiev

Published

on

Uma equipe de reportagem da rede de televisão britânica ‘Sky News’ sofreu um ataque de um suposto grupo paramilitar russo durante a cobertura da guerra na Ucrânia. O atentado aconteceu na última segunda-feira (28/02/2022), na capital ucraniana Kiev, mas as imagens só foram divulgadas pela emissora na última sexta-feira (04/03/2022), quando a equipe retornou ao Reino Unido.

No vídeo, os jornalistas aparecem dentro de um carro, se dirigindo à cidade de Bucha, nas redondezas de Kiev, quando é emboscada pelo chamado “esquadrão da morte” da Rússia, que abre fogo contra a equipe, de 5 pessoas.

O correspondente-chefe da Sky News, Stuart Ramsay, conta que, apesar dos integrantes alertarem que eram da imprensa estrangeira, e não um posto de controle do exército ucraniano, os militares russos deram sequência aos disparos. “Eu me lembro de me perguntar se minha morte seria dolorosa”, revelou Ramsay na reportagem, que foi publicada posteriormente. “Mas, o que me surpreendeu foi que [ser baleado] não doeu tanto. Foi mais como levar um soco, na verdade”.

O correspondente e o cinegrafista Richie Mockler foram atingidos; Stuart Ramsay, por um tiro nas costas, e Mockler, por dois disparos, que pegaram no colete. No grupo, também estavam os produtores Martin Vowles e Dominique Van Heerden, além do produtor local Andrii Lytvynenko, que conseguiu escapar do carro e pular em um barranco ao lado da estrada.

Os jornalistas conseguiram escapar da emboscada e se abrigar em uma garagem, nas proximidades, onde foram resgatados, horas depois, pela polícia da Ucrânia. Ramsay lembra ainda que, mais tarde, foi alertado por ucranianos de que os atiradores de tratavam de um esquadrão “sabotador” de reconhecimento russo. “Foi profissional, os tiros continuaram batendo no carro – eles não erraram”, ele acrescentou.

*Informações do Portal SBT News

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas