Siga nossas redes

Economia

Brasil tem crescimento de 4,6% em seu PIB, recuperando perdas da pandemia do Covid-19

Published

on

A economia brasileira cresceu 4,6% no ano passado. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB – a soma dos bens e serviços do país – fechou em R$ 8,7 trilhões. Com o resultado do Produto Interno Bruto, o Brasil saiu da chamada recessão técnica e recuperou perdas acumuladas nos últimos anos por causa da pandemia no novo coronavírus.

De acordo com o ministério da Economia, o resultado é melhor do que seis países do G7 – bloco que reúne as maiores economias do mundo, ficando abaixo apenas dos Estados Unidos.

Os dados do IBGE mostram que o setor de serviços conseguiu engatar recuperação no último trimestre do ano, acumulando alta de 4,7% em 2021. Já a indústria registrou crescimento de 4,5%. Juntos os dois setores representam 90% do PIB do país. A agropecuária recuou 0,2% no ano passado.

Em relação ao setor de serviço, a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis, avalia que “o transporte de passageiros subiu bastante, principalmente, no fim do ano, com o retorno das pessoas às viagens. A atividade de informação e comunicação (12,3%) também avançou puxada por internet e desenvolvimento de sistemas. Essa atividade já vinha crescendo antes da pandemia, mas com o isolamento social e todas as mudanças provocadas pela pandemia, esse processo se intensificou, fazendo a atividade crescer ainda mais”, explicou.

Na indústria, o destaque positivo foi o desempenho da construção que, após cair 6,3% em 2020, subiu 9,7% em 2021. Nesse setor, a única atividade que não cresceu foi eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos, com queda de 0,1%, o que indica estabilidade.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas