Soldado ucraniano é morto em um bombardeio de separatistas pró-Rússia

Os militares ucranianos disseram neste sábado (19/02/2022) que um soldado foi morto em um bombardeio de separatistas pró-Rússia na manhã de sábado no leste da Ucrânia, onde a violência nesta semana em um conflito de longa duração despertou a preocupação de que possa ser o gatilho para uma ação militar russa. .

A milícia ucraniana disse em sua página no Facebook que registrou 19 violações do cessar-fogo pelos separatistas desde o início do dia, em comparação com 66 casos nas 24 horas anteriores.

Separatistas abriram fogo em mais de 20 assentamentos, usando artilharia pesada, que foi proibida pelos acordos de Minsk, disseram os militares.

Incidentes de bombardeios na linha que divide as forças do governo e os separatistas aumentaram acentuadamente nesta semana, no que o governo ucraniano chamou de provocação. Negou veementemente as sugestões da Rússia de que Kiev poderia lançar uma ofensiva no leste da Ucrânia.

Os acordos de Minsk visam encerrar um conflito de 8 anos entre o exército ucraniano e os separatistas no leste do país.

*Informações da Reuters

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts