Cintia Abravanel e Ligia dão entrevista falando das polêmicas declarações do Tiago Abravanel no BBB22 envolvendo Silvio Santos

Em conversa na última quinta-feira (17/02/2022) com o Hugo Gloss, Cintia e Ligia Abravanel, respectivamente mãe e irmã de Tiago, comentaram as críticas. “Sob os olhos do público, ele virou um chato“, observou a diretora de teatro. “O Tiago é uma pessoa que se preocupa com o outro. Aqui fora ele não está sendo tão bem visto, porque as pessoas querem briga. Nunca vi uma pessoa ser cancelada porque é boazinha demais, mas tudo bem“, lamentou Lígia, que empresaria o irmão há 7 anos. “Não acho que pegaram ele pra Cristo. É o Tiago Abravanel. Na Globo. Não sei se você concorda comigo, mas queira ou não queira, de todos os participantes, ele é o que é notícia. Porque ele é o neto do Silvio Santos, que está no Big Brother e que está na Globo“, refletiu Cintia, a filha número 1 do dono do SBT.

As críticas do público às declarações de Tiago

“Sob os olhos do público, ele virou um chato“, observou a diretora de teatro (Cintia). “O Tiago é uma pessoa que se preocupa com o outro. Aqui fora ele não está sendo tão bem visto, porque as pessoas querem briga. Nunca vi uma pessoa ser cancelada porque é boazinha demais, mas tudo bem“, lamentou Lígia, que empresaria o irmão há 7 anos. “Não acho que pegaram ele pra Cristo. É o Tiago Abravanel. Na Globo. Não sei se você concorda comigo, mas queira ou não queira, de todos os participantes, ele é o que é notícia. Porque ele é o neto do Silvio Santos, que está no Big Brother e que está na Globo“, refletiu Cintia, a filha número 1 do dono do SBT.

Conselhos antes de entrar no BBB22

Antes de entrar no Big Brother, Tiago recebeu dois conselhos da mãe: se divertir e tomar cuidado com o que falaria da família. “Ele disse pra mim: ‘mãe, já vou te avisar que não vou mentir’. Eu falei ‘você não precisa mentir, é a forma como você vai contar coisas e tem coisas que não precisa falar’. Da nossa família. Então não minta, não precisa mentir, mas tome cuidado com o que fala porque ele não é o artista da família, a família é artista. Então vai esbarrar na tia, no avô… é uma família meio Kardashian, né?“, comparou.

Convivência familiar

Confortável, Cintia relembrou a própria história: “Ele conviveu mais com a família do meu ex-marido. Agora, o que não pode esquecer é a minha vida, que também é pública e todo mundo sabe que eu com 13 anos perdi minha mãe, que eu não fui criada por meu pai, então consequentemente quando meus filhos nasceram já era assim a minha vida. E é claro, meus filhos nunca quiseram fazer terapia, mas eu faço terapia há mais de 50 anos. Até a gente entender todas as fases, todos os porquês, as dores“.

Para Lígia, a maior dificuldade estaria em reagir ao imaginário do público. “Ele (Silvio Santos) nem tinha tanto tempo de ser um avô. Graças a Deus, a gente tinha o avô do outro lado, super presente. Acho que por muito tempo, foi doído lidar com a pressão do público em esperar o avô que a gente não tinha e não saber responder que a gente não tinha esse avô que as pessoas esperavam. As pessoas questionavam: “O seu avô joga aviãozinho de dinheiro? Não. Você almoça com seu avô todo domingo? Não. Ele dá presente quando vocês pedem? Não. Então ele não é o avô que as pessoas esperam que ele seja e está tudo bem“, explicou.

Discordância nos 90 anos de Silvio Santos

No Natal de 2020, numa fase delicada da pandemia da Covid-19, o ator ceava com a mãe em casa quando deu de cara, nas redes sociais, com uma foto do avô rodeado pelo restante da família. De acordo com Cintia, poucos dias antes, eles prepararam uma festa de aniversário dos 90 anos com tudo o que tinha direito para Silvio, incluindo uma estampa especial feita na TJama, empresa de Tiago. Bem na hora da celebração, entretanto, eles teriam recebido um aviso de que não era para ir mais ninguém, apenas as filhas. A justificativa era o receio quanto ao coronavírus.

“E aí na noite de Natal, estamos na minha casa, todo mundo com o celular na mão e de repente ele (Tiago) olha para meu pai, o velhinho que todo mundo quis proteger, com a família inteira do lado e sem máscara. Aí você é neto do cara, o que você sente? Então assim, doeu? Doeu dele conversar comigo chorando. E aí naquele momento ele entendeu algumas coisas dentro dele e resolveu isso dentro dele. Que bom que ele resolveu e não vai sofrer mais. Mas dói. Doeu em mim a vida inteira, a partir do momento que minha mãe morreu e eu fui criada pela minha avó. Dor é assim. Às vezes, uma palavra torta da sua mãe te gera um trauma na vida. É normal doer. Agora isso não quer dizer que não existe amor nessa família, que não existe uma relação“, se abriu a diretora.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
21
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts