Palmeiras perde para o Chelsea na prorrogação e fica em segundo lugar no Mundial

O Chelsea é o mais novo campeão do Mundial de Clubes da Fifa. Neste sábado (12/02/2022), no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, os Blues suaram a camisa para bater o Palmeiras em 120 minutos. A decisão terminou com vitória por 2 a 1 do time inglês, com gols de Lukaku e Kai Havertz, enquanto Raphael Veiga anotou o gol do Alviverde. O Palestra bate na trave em mais uma tentativa de conqusitar a competição.

Com o título, o Chelsea entra para a galeria de clubes ingleses campeões do Mundial de Clubes. Os blues se juntam a Manchester United e Liverpool. O Reds Devils conquistaram o torneio em 1999 e 2008 e os Reds em 2019.

O jogo

Os primeiros mintuos da decisão foram de estudo por parte dos dois times. Sem a bola, as equipes de Abel Ferreira e Thomas Tuchel fechavam a defesa em uma linha de cinco, dificultando a construção do adversário. O Chelsea foi dominando o Palmeiras aos poucos, principalmente pelo lados do campo, com Mount e Azpilicueta, pela direita, e Hudson-Odoi e Havertz, pela esquerda.

Na bola parada, o Alviverde levou perigo ao Chelsea pela primeira vez aos 20 minutos, em sobra que Dudu cruzou para área e Rony forçou defesa de Mendy. O jogo ficou preso no meio de campo por muito tempo, sobretudo pela quantidade de faltas – foram oito, no total, até os 25 do primeiro tempo.

O Palmeiras voltou a incomodar a defesa do Chelsea em escapada rápida de Dudu; o camisa 7 balançou para cima da defesa inglesa e bateu com muito perigo, por cima do ângulo esquerdo da meta defendida por Mendy. Na sequência, os Blues finalizaram pela primeira vez, em chute fraco de Havertz para fora.

Aos 27, os comandados de Abel Ferreira conseguiram o primeiro contra-ataque perigoso. Zé Rafal e Dudu aproveitaram espaço na defesa londrina, mas, na hora de finalizar, Dudu apenas bateu para fora. Melhor na partida, o Alviverde seguiu pressionando os Blues. Machucado, o meia Mount deu lugar a Pulisic.

O ritmo da decisão caiu nos últimos minutos da primeira etapa. Houve tempo ainda para uma finalização perigosa de Thiago Silva, de fora área, que Weverton espalmou para fora, e dois escanteios dos londrinos, que assustaram o Palmeiras. Os primeiros 45 minutos terminaram sem bola na rede.

A segunda etapa começou com pressão do Chelsea no campo de ataque. Os londrinos não deixaram o Palmeiras sair da defesa e, com a bola, partiram para cima dos alviverdes. Aos nove, Kuvacic passou por Danilo e serviu Hudson-Odoi pela esquerda; o camis 20 cruzou na cabeça de Lukaku, que testou firme para vencer Weverton e abrir o placar. O tento dos Blues deixou a final aberta no estádio Mohammed Bin Zayed.

Poucos minutos depois, uma cobraça lateral resultou em pênalti para os comandados de Abel, em infração cometida por Thiago Silva, que colocou a mão na bola. Raphael Veiga deslocou Mendy e deixou tudo igual. O empate deixou o Chelsea nervoso na partida, o que fez o Palmeiras criar novos problemas para o time de Tuchel. Raphael Veiga, em chute fraco, terminou marcar o segundo. Um minuto depois, foi a vez dos Blues, em finalização muito perigosa de Pulisic, que foi para fora.

As duas equipes mudaram aos 30 do segundo tempo: Lukaku e Hudson-Odoi deram lugar a Werner e Saúl no Chelsea, enquanto Wesley e Atuesta entraram nas vagas de Rony e Raphael Veiga, pelo lado do Palmeiras. Os últimos minutos do segundo tempo foram de pressão do Chelsea, que optou por jogadas aéreas. Bem fechado na defesa, o Alviverde conseguiu se segurar. A partida foi para prorrogação.

Thomas Tuchel promoveu mais alterações para os últimos 30 minutos de jogo: Sarr e Ziyech foram a campo nas vagas de Christensen e Kovacic. As mudanças do Chelsea não alteraram o cenário da partida, que permaneceu com os ingleses tentando encontrar algum espaço na defesa do Palmeiras. Desgastado, Dudu deu lugar a Rafael Navarro. A prorrogação foi arrastada, mas uma nova bola aérea, que acabou na mão do Luan, mudou tudo. Pênalti. Na cobrança, Kai Havertz bateu e confirmou o título do Chelsea.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts