ANVISA nega certificação de boas práticas da vacina Covaxin contra Covid19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) negou o pedido de boas práticas de fabricação feito pela fabricante de medicamentos Bharat Biotech, para o uso da vacina Covaxin no Brasil.

Essa etapa é de pré-requisito para autorização de uso emergencial ou definitivo da vacina. No começo de março a ANVISA fez uma inspeção na fábrica Indiana.

O Ministério da Saúde havia feito um protocolo na ANVISA de autorização, na segunda (22/03/2021), com o objetivo de importar “20 milhões de doses da Covaxin da Índia”.

A decisão da agência brasileira, foi assinada pela gerente-geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária, Ana Carolina Moreira Marino Araújo, e publicada na edição desta terça-feira (30/03/2021) do Diário Oficial da União.

“Considerando o descumprimento dos requisitos de Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos, ou o descumprimento dos procedimentos de petições submetidas à análise, preconizados em legislação vigente, resolve: Art. 1º Indeferir o(s) Pedido(s) de Certificação de Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos da(s) empresa(s) constante(s) no ANEXO”, diz a resolução.

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *