Posted By sessaodenoticias Posted On Comment (1)

Libertadores: São Paulo vence o Racing na Argentina e aguarda Palmeiras ou Universidad Católica-CHI

Segundo o site SBT Sports, a aposta do técnico Hernán Crespo na escalação do São Paulo surtiu efeito: o jovem atacante Marquinhos, de 18 anos, marcou pela primeira vez como profissional e participou dos dois gols de Rigoni na vitória por 3 a 1 sobre o Racing, na Argentina, na noite desta terça-feira (20/07/2021). O resultado garantiu o Tricolor nas quartas de final da Copa Libertadores da América, já que o duelo de ida havia terminado empatado por 1 a 1 no Morumbi.

O São Paulo agora aguarda o vencedor do confronto entre Palmeiras e Universidad Católica, que se enfrentam na noite desta quarta-feira (21). A equipe alviverde joga no Allianz Parque e tem a vantagem do empate por ter vencido por 1 a 0 no Chile. Ou seja, apenas uma grande zebra impedirá o Choque-Rei nas quartas de final da Libertadores.

O jogo

Crespo resolveu apostar em Marquinhos, que nunca havia sido titular do São Paulo. Além disso, contou com a volta de Miranda e Rigoni, recuperados de lesão. O treinador escalou uma equipe ofensiva, com Luan na reserva. Os meio-campistas titulares foram Liziero, Gabriel Sara e Benítez, os três com mais características ofensivas do que de marcação.

Afinal, o São Paulo precisava marcar ao menos um gol para sonhar com a classificação, porque o empate por 0 a 0 classificaria o Racing. Igualdade por 1 a 1 levaria a decisão para os pênaltis.

Apesar de o jogo ter sido no El Cilindro, em Avellaneda, o São Paulo pareceu estar em casa. Desde os primeiros minutos, o Tricolor pressionou e acumulou chances de abrir o placar.

O gol só saiu aos 43 minutos. Miranda, um monstro, desarmou e deu lançamento perfeito para Marquinhos, que saiu livre na cara do gol e finalizou. A bola desviou em Arias e bateu na trave, mas Rigoni só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede, já com o gol vazio.

Se no primeiro tempo o gol demorou para sair, o São Paulo precisou de apenas dois minutos na etapa final para ampliar. Marquinhos recebeu boa bola de Benítez e finalizou sem chances para Arias.

Talvez somente Crespo acreditava tanto assim no poder de decisão de Marquinhos. Aos 18 anos, o jovem fez seu terceiro jogo pelo time principal do São Paulo, desbancando Vitor Bueno e Pablo, que eram as opções mais prováveis. Luciano, teoricamente titular do comando do ataque, segue lesionado.

E Marquinhos apareceu de novo aos 11 minutos para cruzar rasteiro e encontrar Rigoni, novamente livre, fazer o terceiro gol do São Paulo e praticamente definir a partida logo no começo do segundo tempo.

O Racing até acordou depois, mas já era tarde. Javier Correa diminuiu aos 17, em um bonito chute de fora da área. Logo em seguida, Volpi fez defesa importantíssima em cabeçada de Correa, que estava livre dentro da pequena área.

Apesar da pressão do Racing, o São Paulo segurou o resultado e conquistou um feito enorme. O Tricolor nunca havia vencido o rival (eram oito jogos, com cinco derrotas e três empates) e não ganhava na Argentina pela Libertadores desde 2005. Com o fim dos tabus e a boa atuação no El Cilindro, o São Paulo chegará embalado para enfrentar Palmeiras ou Universidad Católica-CHI.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: