Presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, critica Uefa e volta a falar da Superliga

Segundo informações do site SBT Sports, o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, deu uma declaração polêmica para a Rádio Onda Cero, da Espanha, falando que o atual formato da Liga dos Campeões faz com que os jovens parem de interessar por futebol.

O comandante foi perguntando sobre a Superliga e como deu errado a ideia de um novo campeonato só com os times considerados de elite. Florentino deu a entender que nada está perdido e que voltará a tentar a criação da competição.

“Nada falhou. Há dois anos trabalhamos para 12 equipes, preparando um estudo sobre algo que está morrendo, o futebol, que está perdendo o interesse. Perdem-se audiências porque os jogos não são atrativos e os jovens se divertem de outras formas. A audiência diminui e os direitos audiovisuais diminuem. Não excluímos ninguém, mas porque queremos satisfazer a todos, tem menos apelo. Uma Roma qualquer é menos atraente do que um PSG contra Manchester United”, disse Pérez.

O presidente destacou também o prejuízo financeiro que a competição da Uefa traz para a liga e para os clubes. Florentino disse que o futebol perdeu nos últimos anos cerca de 8 bilhões de euros, cerca de R$ 52 bilhões, e por conta disso uma nova liga com uma nova organização precisa ser feita.

“Nós pegamos o público de todos os jogos de todas as ligas. Aqui os fãs mandam. Nós levamos em conta aqueles clubes com mais fãs, aqueles com mais seguidores nas redes sociais. A Liga dos Campeões só interessa a partir das quartas de final até a final. E se não houver dinheiro, o futebol morre. Isso pertence aos clubes”, finalizou o cartola.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: