Jovem é morto após desejar sorte a Lázaro e policiais são afastados

O Comando da Polícia Civil afastou os três policiais que participaram da morte de Hamilton Cesar Lima Bandeira, de 23 anos, em Presidente Dutra, Maranhão. O jovem desejou “boa sorte” a Lázaro Barbosa, maníaco procurado há 14 dias no Distrito Federal e Goiás.

Segundo familiares, a vítima sofria de transtornos mentais e fazia uso de medicamentos controlados. Hamilton foi baleado duas vezes pelos agentes. Eles teriam ido ao local após a postagem enaltecendo o fugitivo do DF. Apesar de ter sido socorrido, o jovem não resistiu aos ferimentos.

Os envolvidos afirmam que os disparos ocorreram após Hamilton Bandeira reagir a uma abordagem policial com faca. A família contesta e afirma que os agentes “invadiram” a residência onde a vítima morava com os avós, sem determinação da polícia. Um inquérito policial foi aberto para investigar o caso.

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: