Posted By sessaodenoticias Posted On

Presidente da Argentina, Alberto Fernández, é criticado após dizer que brasileiros ‘vieram da selva’ e mexicanos ‘vieram do índio’

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, acaba de dar uma contribuição toda especial para o desgaste da relação entre o Brasil e aquele país. Fernández disse nesta quarta-feira (09/06/2021) que os brasileiros saíram da selva, enquanto os argentinos chegaram em barcos da Europa.

“Mexicanos saíram dos índios, brasileiros saíram da selva, mas nós, os argentinos, chegamos de barcos que vinham da Europa. E assim construímos nossa sociedade”, afirmou o presidente argentino em um discurso na Casa Rosada, sede do Poder Executivo.

O presidente argentino citava erradamente Octavio Paz, escritor mexicano vencedor do Nobel de Literatura em 1990. Na verdade, o trecho vem da música Chegamos dos barcos, do compositor argentino Litto Nebia, que diz: “Brasileiros saem da selva, mexicanos vêm de índios, mas nós, argentinos, viemos dos navios”.

Fernández fez a declaração durante um encontro com o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez. Eleito no fim de 2019 com a bandeira da centro-esquerda, acenando para minorias, o professor de direito da Universidade de Buenos Aires tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner. Em seu discurso de posse, ao derrotar Mauricio Macri, Alberto Fernández prometeu uma Argentina mais igualitária.

Depois da repercussão negativa, o líder da Argentina pediu desculpas pela declaração e ressaltou que a “diversidade é um orgulho”.

*Informações do site Metrópoles e Portal Terra

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *